quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Google acusado de truste

Google acusado de trusteTrês empresas europeias acusam o Google de praticar o truste, dominando o mercado global de busca e propaganda no universo online, sem deixar espaço para que concorrentes cresçam e se desenvolvam. Um desses é o italiano Ciao!, que promove a comparação de preços de produtos, e que foi comprado pela Microsoft em 2008.

Em um comunicado postado no site corporativo da empresa, o Google disse que uma comissão já começou uma investigação preliminar. "Ao mesmo tempo em que providenciamos feedback e informações adicionais para o caso, temos a certeza de que nosso negócio tem como principal foco o interesse dos usuários e parceiros, e estamos dentro de todas as Leis que regulamentam a competição comercial na Europa", diz o texto.

Na Itália, o Google já sofre acusações de truste vindas de publishers de jornais, que afirmam que a empresa dominou o mercado de uma maneira tal que o mercado publicitário não quer mais investir em outras mídias. Na Alemanha, reclamações parecidas também estão rondando os tribunais. Já na França, uma comissão do Governo está investigando as ações da gigante para avaliar suas práticas.

Em alguns países, o Google já é responsável por mais de 80% do mercado de buscas e propaganda na Internet. E na última década, casos parecidos já aconteceram na Europa com empresas como Microsoft e Intel, que foram multadas em bilhões por violar leis antitruste.

Nenhum comentário: